quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O décimo terceiro trabalho de Hércules



Rival Sons - Pressure And Time

_E hoje, como foi a escola? Aprendeu muita coisa nova? - eu disse para o meu filho.

_Foi legal. A professora levou a gente para a biblioteca. Eu comecei a ler um livro sobre os trabalhos de Hércules.

_Os 12 trabalhos de Hércules, do Monteiro Lobato?

_Esse mesmo. Li até o terceiro trabalho - disse o meu filho.

_Caramba, eu adorava esse livro. O primeiro trabalho é matar o leão de Neméia, não é?

_É. O segundo é a Hidra de Lerna e o terceiro é o da Corça de alguma coisa, ela tem os pés de bronze.

_Os cascos - eu disse.

_É. Os cascos. Mas o que mais gostei até agora foi a Hidra de Lerna. É uma serpente de nove cabeças venenosas, sendo uma imortal. Cada vez que Hércules cortava uma cabeça, nascia outra no lugar. Então ele teve a idéia de ir queimando os pescoços para que não nascesse nada de volta.

_E serpente tem pescoço? - eu disse.

_Bom, ter, não tem. Hércules queimava o lugar onde nascia cabeça - ele disse.

_Mas e a cabeça imortal? - eu disse.

_Ele cobriu a cabeça imortal com uma pedra gigante. Aí tanto faz ela estar viva ou não. Quer dizer, não adianta nada ser imortal debaixo de uma pedra gigante.

_Não sei. E se algum dia alguém encontra essa cabeça venenosa imortal por acaso e ela consiga sair debaixo da pedra? Já pensou?

_Era só chamar o Hércules de novo, ué.

_Mas com o Hércules não dá para chamar assim e dizer que é um trabalhinho extra.

_Pai, vai por mim, tinha que ser o Hércules.

_Acho que você tem razão. Não dá para chamar o Batman numa história dessas.

Nenhum comentário:

Frase do dia


Ocorreu um erro neste gadget