quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Meu primeiro carnaval



David Bowie - Let's Dance

Lembro de ter caprichado na letra. E também de ter usado uma cor para cada palavra, então usei todos os lápis da caixa. Eu tinha uns cinco anos e aquela foi a minha primeira redação no Grupo Escolar Frei André Quinn. Valia nota. Até a data escrevi a cores. Fiquei orgulhoso da redação. Era uma obra de arte. Algumas palavras compridas escrevi com várias cores, uma cor para cada letra.

_De quem é esse carnaval? - disse a professora.

Era uma freira. Parecia irritada. Assumi a autoria da redação, eu ainda estava orgulhoso.

_Use o lápis grafite da próxima vez. Não dá para ler direito com tanta cor. Você usou o amarelo e até o branco. É impossível. E aprenda que numa redação o mais importante é o que você quer dizer, é a mensagem, e não a cor da letra - ela disse. E me deu nota baixa.

Demorei a usar o lápis de cor novamente.

2 comentários:

leila disse...

pau ne freira. eca.

Felicia Luisa disse...

Lembrei de um "causo": o da minhoca. Eu estava na 2a. séria do primário e fiz uma redação, caprichando na letra, especialmente no "til". Daí a prof. pergunta: "Quem é Felicia?", e eu toda pimpona, crente que ia ganhar um elogio, respondo" Eu!". E ela, falando alto: " Que coissa horrorosa esse til, parece até uma minhoca". E foi esta uma das minhas primeiras experiências com o método pedagógico de humilhação :-(

Frase do dia


Ocorreu um erro neste gadget