domingo, 11 de novembro de 2007

Como arrumar emprego nesses tempos de vacas magras II



A próxima alternativa é o vizinho. É pobre? Pô, cara, mude para um lugar decente. Tenha ao menos vizinhos bem sucedidos. É por isso que você está na pior. Você mora perto de um bando de perdedores e quer fazer sucesso? Meu amigo, na física moderna os iguais se atraem. É o que o Velho Tom sempre disse: Euro atrai Dólar. Dólar atrai Real. Real atrai um monte de especuladores vagabundos... E lá embaixo, bem no finalzinho da cadeia alimentar, eu, você e a torcida do Flamengo ficamos sem nenhum. Emprego atrai emprego. Pobre atrai pobre. Desemprego atrai desemprego. Mala atrai mala. É simples. Se você fizer cara de corintiano na torcida do Palmeiras você sabe o que acontece. E o mesmo vale para qualquer situação na vida. Entendeu? Aliás, extraordinário seria se fosse o contrário.

A última alternativa, e é só em último caso mesmo, é a sogra. Você tentou de tudo. Até aquela colocação no Pet-Shop, como secador de cachorro. Até aquela vaga de dente ambulante, na calçada, perto do ponto de ônibus, debaixo do maior soleil, para fazer propaganda do dentista. Até mesmo aquela outra vaga de apontador de bicho, onde reclamaram que o seu currículo com doutorado e pós-doutorado estava abaixo das exigências mínimas de qualificação. Depois de tudo, tudo, tudo, procure a sogra.

Se com o sogro a regra é despertar compaixão e solidariedade, com a sogra a regra é competência profissional e seriedade. Prepare duas versões do currículo. A resumida com no máximo duas páginas, letra corpo 12, começando com dados pessoais e um parágrafo de no máximo 8 linhas que resuma seus pontos fortes nas mais recentes atividades profissionais. A versão longa terá no mínimo 10 páginas só de títulos de artigos publicados em revistas especializadas no exterior. Não insista. Não ligue. Espere ser chamado. Durante a entrevista, seja profissional, inteligente, objetivo, rápido e muito, mas muito gentil. Sorria. Não mencione a filha dela. Com um pouco de sorte, ela te recomendará para o vizinho. O dela. Que é milionário.

Nenhum comentário:

Frase do dia


Ocorreu um erro neste gadget