quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Pirâmides



The Animals - Shake

Tinha esse cara, que trabalhava comigo, era só um garoto. Ele acreditava em pirâmides. Não aquelas pirâmides dos faraós do Egito. As outras. Aquelas tramóias que vigaristas sem escrúpulos inventam para arrancar o dinheiro dos otários. As primeiras pessoas que entram devem recrutar novas pessoas e assim por diante. No final, há um grande calote nos envolvidos e quem mais sofre são as pessoas na parte de baixo da pirâmide. Esse cara acreditava que poderia ser mais rápido e pular fora da pirâmide antes de perder. Ele passava um bocado de tempo ao telefone, tentando atrair mais pessoas para a pirâmide e subir na hierarquia da pilantragem.

_Isso não está certo, garoto - eu dizia.

_Não tem nenhum problema.

_Isso aí é uma pirâmide. Isso é golpe.

_Pode ser. Mas por enquanto estou ganhando dinheiro.

_No final, a conta não fecha, vai acabar no prejuízo.

_Vou nada. Vou sair antes que se acabe.

_E as pessoas que você chamou para entrar na pirâmide, como vão ficar? Você não se importa?

_Quanto mais rápido elas conseguirem recrutar pessoas, melhor para elas. É uma questão de trabalhar duro.

_Enganar os outros não é trabalho, é tapeação.

_Eu não estou enganando ninguém. Todo mundo sabe que é preciso cumprir metas. Só progride quem cumpre as metas.

O que aconteceu é que a quantidade de pessoas que ele precisava recrutar aumentou rapidamente e os prazos para alcance das metas de recrutamento diminuíram. Para completar, ele havia recrutado praticamente todos os conhecidos, que também recrutaram as pessoas das proximidades e vizinhança. Pessoas desconhecidas eram muito menos permeáveis ao recrutamento. As metas e prazos foram para o espaço. O garoto estagnou num degrau da pirâmide e logo deixado para trás. No final perdeu muito e ainda foi agredido por uma das pessoas que ajudou a lesar.

Seis meses depois ele estava de volta ao telefone. Embarcara em outra pirâmide.

Nenhum comentário:

Frase do dia


Ocorreu um erro neste gadget