sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Mais coisas que evito dizer para as pessoas

Por quê tanto ódio? Por quê tanta raiva?
Obviamente, essa combinação de frases só deve ser usada em situações de desespero absoluto, ou seja, em ocasiões onde é fundamental irritar o ser humano até o último grau com a maior rapidez possível.

Catatuia!
Originária dos desenhos animados que assistia quando era menino, essa expressão acabou sendo incorporada ao meu vocabulário cotidiano. Entretanto, minha mulher tem ojeriza por ela. Desta forma, com o passar do tempo fui colocando a expressão de lado e hoje raramente a utilizo. A não ser, é claro, quando atinjo o orgasmo.

Isso é uma obra de arte!
A última vez que usei essa frase eu estava no Reina Sofia Museum, de frente para Guernica!. Desde então, por uma questão de coerência, tenho evitado o seu uso.

Não corra!
Descobri a inutilidade de dizer isso para crianças menores de 5 anos. Também não possui qualquer sentido para jovens que acabaram de tirar a carteira de motorista.

Blasfêmia!Blasfêmia!
A despeito do sentido epistemológico, sempre utilizei o substantivo acima como um superlativo de fêmea. Prefiro esse significado porque ao se proferir a palavra, você abre a boca como se fosse deixar cair a língua e o queixo, o que geralmente acontece quando vemos uma mulher sensual e bela.

Nenhum comentário:

Frase do dia


Ocorreu um erro neste gadget