quarta-feira, 30 de julho de 2014

De bicicleta para a escola

Minha filha e minha mulher agora vão de bicicleta para a escola, que fica a três quadras de distância. As duas estão bem animadas com a façanha. O percurso é cheio de subidas e descidas, mas o tempo está mais frio e a umidade não parece tão baixa no início da manhã. Elas estão nessa desde a semana passada, orgulhosas de se exercitarem. Eu fico com uma ponta de inveja, mas não muita. Saio mais cedo para levar o meu filho na outra escola, meia hora distante a 80 km por hora, com vista para a gigantesca bandeira nacional e o lago Paranoá. Hoje seria o meu primeiro dia de bicicleta para a escola, já que na quarta-feira invertemos as posições e é a minha mulher quem leva o menino para a escola distante. Confesso que fiquei grilado com a perspectiva de pedalar durante a manhã, mas deixei tudo pronto. Calibrei os pneus das duas bicicletas. Acertei trancas, chaves e cadeados. Preparei sucos para o trajeto, só para o caso de ter um ataque de sede. Coloquei uns biscoitos e bolachas na minha mochila, para o caso de um ataque de fome. Preparei o kit conserto(chave de roda, remendos, cola), deixei tudo à mão. Ia me esquecendo do capacete, até pensei em desistir por falta de equipamento de segurança essencial, mas bastou uma olhada para minha filha para desistir da opção de desistir.

Hoje de manhã minha mulher e meu filho saíram correndo para o automóvel e eu fiquei esperando a menina para o café da manhã. Conferi a lista de equipamentos, os itens de segurança(acrescentei uma joelheira e luvas), a matula e os cadeados e correntes. Tudo certo.

_Cadê o coala? - disse a minha filha, assim que chegou para o café.

_O quê? Esse aí na sua mão não é um coala? - eu disse apontando para um bichinho de pelúcia cinza que a menina segurava com carinho.

_Esse é o filhote. Preciso do coala-pai, o coala grande, paiê! Eu preciso levar. Hoje tem gincana de matemática e o coala é o mascote da minha equipe. Eu prometi levar, você não sabia?

_Na verdade, não. O coala-pai é aquele que tem um colete preto, de chapéu marrom?

_Esse mesmo, você sabe onde ele está? - ela disse.

_Vou procurar.

Subi as escadas até o quartinho onde ficam os brinquedos e os bichos de pelúcia. Há uma grande quantidade deles aqui em casa. Temos espécies ameaçadas de extinção, personagens de quadrinhos, super-heróis, insetos gigantes, madeleines, emílias, anjos e seres de todas as cores e formas. Procurei por todo canto, mas nada do coala. Minha filha chegou para me ajudar na procura e terminamos de revirar tudo.

_Nada de coala. E não podemos demorar mais ou vou chegar atrasada - disse a minha filha.

_Filha, vamos ter que ir de carro, acho que não vai dar tempo de ir de bicicleta - eu disse.

_Tudo bem, vamos de carro - ela disse.

E exatamente nesse instante, encontramos o coala no único lugar onde ainda não havíamos procurado.

_Acho que esse bicho não queria ir de bicicleta para a escola - eu disse.

_Tudo bem, paiê. Todo mundo sabe que os pais dos coalas são preguiçosos - disse minha filha.

No caminho, descobri que a gincana termina nesta sexta-feira. Vou ter que pensar em outra coisa até a próxima semana.





Nenhum comentário:

Frase do dia


Ocorreu um erro neste gadget