quinta-feira, 1 de maio de 2014

Fragmentação e potpourri

Esse meu amigo me conta que inventou um jeito novo de ver filmes.

_É a fragmento-sessão, que eu simplifiquei para fragmentação. Numa sessão de cinema convencional você fica sentado uma hora e meia, ou mais, e acompanha uma narrativa com início, meio e fim. A fragmentação é diferente. Você fica pulando de cena para cena, na ordem que você escolher, durante o tempo que você quiser. Mas é bem mais interessante quando as cenas escolhidas não duram mais que dois ou três minutos - disse meu amigo.

_Parece um pouco confuso - eu disse.

_É confuso mesmo. Mas é assim que estou revendo os filmes que eu mais gosto. Vou para o YouTube, digito o nome de um filme que eu me amarro e fico pescando as melhores cenas selecionadas por milhares de pessoas em todo mundo.

_Não sente vontade de ver o filme inteiro? - eu disse.

_Sinto, é claro. Mas passa logo. O que eu gosto mesmo é de curtir as cenas na ordem que eu mesmo escolho, ditada pela memória afetiva do filme.

_Não entendi.

_Vamos supor que eu queira ver cenas de ... sei lá, diz aí um filme que você gosta.

_Cães de aluguel, do Tarantino.

_Esse eu não lembro direito. Fala um outro.

_Brazil, o filme.

_Boa. Mas também não lembro xongas desse aí.

_É melhor você mesmo escolher o filme.

_Branca-de-neve e os 7 anões. Conhece?

_Você tem uma memória afetiva com Branca-de-neve?

_Quem não tem? E ao invés de começar com aquela história de espelho meu, caçador, fuga, anões e etc, eu já vou logo para a melhor parte.

_A transformação de rainha má em bruxa?

_Isso. E depois o banho no Zangado.

_Não lembrava dessa cena.

_Lembra do Dunga engolindo um sabão?

_Claro. Lembro até do outro Dunga, o da seleção, que vivia querendo passar sabão.

_Pois então, o sabão é para lavar o Zangado.

_Entendi. Achei bacana essa fragmentação, mas prefiro ver ou rever os filmes inteiros - eu disse.

_Eu já não tenho paciência. Vou aos pedaços.

_Mas só os que você acha bons, não é? Não sei, há gosto pra tudo. Tem gente que gosta de potpourri. Eu não gosto, apesar de gostar da palavra. Sabia que é uma palavra que vem das guerras napoleônicas? Significa "vaso podre". Os espanhóis misturavam pétalas de flores, rosas, hortelã, menta, canela e cascas de limão e laranja numa vasilha e deixavam fermentar, ou transformavam em sachês.

_Taxi Driver. Já viu Taxi Driver? - disse meu amigo. Mas eu preferi mudar de assunto.

Nenhum comentário:

Frase do dia


Ocorreu um erro neste gadget